São João da Fraga

 

Foram 4km até à capela!

Pensava eu que iria ser canja, mal sabia o que me esperava! O Rafa, para picar comigo, perguntava-me se queria ir para trás; nem abria a boca. Os meus pés ardiam já, e nem íamos a meio do caminho!

A partir da última placa era sempre a subir. Víamos lá em cima cabritas no meio dos rochedos! E lá começamos a subida.

Foram 20/30min agonizantes! A subida era íngreme, com muitas pedras, e muito gelo. O meu coração estava a mil.

Depois de algumas paragens, lá chegamos ao topo da montanha. Um silêncio arrebatador, uma paisagem de cortar a respiração, e por incrível que pareça, o único local onde havia rede.

Não sei se as imagens vão fazer jus à grandiosidade do local, mas servem de resumo de uma bela aventura que terminou numa taberna típica do local: toda ela em madeira, bem quentinha para quem vinha de uma caminhada gelada.